Marginais

latinhaMarginais
 
Já sabemos que no Brasil os marginais assumem todos os postos dos governos, se tornam políticos e autoridades. Com toda essa crise, a cúpula continua faturando alto. Inclusive eles também garantem facilidades aos seus pequenos comparsas nas ruas, ladrões que estão assaltando e matando, tenham garantia de sucesso, com um povo desarmado. Assim, milhões de famílias ficam a mercê dos criminosos de todas as maneiras possíveis. Ficou fácil demais e o Brasil esta no abismo mais profundo que se pode imaginar. Mas há outros setores que as gangs de marginais bastante organizados também atuam.
 
Reportagem publicada pelo jornal norte-americano “The New York Times”, no fim de 2014, informou que os juros praticados em algumas linhas de crédito no Brasil “fariam um agiota americano sentir vergonha”, citando os cartões de crédito.
 
Estudo da consultoria Economática, divulgado em março deste ano, informa que a mediana da Rentabilidade sobre o Patrimônio (ROE) de todos os bancos brasileiros de capital aberto no ano de 2015 foi de 10,78%, contra 7,92% dos bancos dos Estados Unidos.
 
Remuneração de banqueiros e afins
 
Remuneração de chefes de grandes instituições mundiais sobe quase 8%. Nos Estados Unidos aumento foi em média de 10%
Nunca tem crise para banqueiro. Os executivos-chefes de grandes bancos mundiais tiveram a remuneração aumentada em 7,6% no ano passado. A média é de US$ 13,1 milhões para cada um deles.
 
Nos Estados Unidos, os números são ainda mais altos. O pacote salarial médio dos chefes dos seis maiores bancos norte americanos subiu cerca de 10%. No J.P. Morgan Chase, Goldman Sachs, Citigroup, Wells Fargo, Bank of America e Morgan Stanley eles ganharam em média US$ 20,7 milhões em 2015, incluindo salários, bonificações pelo desempenho no ano e contribuições previdenciárias.
 
Bolsa empresario
 
Sabia-se que as centenas de bilhões de reais que, entre 2009 e 2015, o Tesouro repassou ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para financiar investimentos não estimularam o crescimento, mas beneficiaram muitas empresas escolhidas pelo governo…
 
…Levantamento feito pelo economista José Roberto Afonso, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas, mostra que os bancos comerciais (…) se apropriaram de mais de R$ 8 bilhões dos R$ 10 bilhões de spreads que as operações geraram. O BNDES, assim, ficou com menos de R$ 2 bilhões“. (Folha)
 
O “Bolsa Empresário” foi construído no âmbito do BNDES. “Os empréstimos do Tesouro aos bancos públicos, especialmente BNDES, pularam de R$ 14 bilhões para R$ 438 bilhões. Como o Tesouro se endivida a uma taxa muito maior do que vai receber, o subsídio escondido nessa operação já é de R$ 24 bilhões por ano. Esse é o tamanho do “bolsa empresário”, que é equivalente à Bolsa Família. E o BNDES está neste momento pedindo mais empréstimos ao Tesouro” (2). Não custa lembrar a presença “inocente” de grandes beneficiários de empréstimos do BNDES como destacados financiadores de campanhas eleitorais em todos os níveis, notadamente para o cargo de Presidente da República.
 
Bolsa Banqueiro
 
Termo amplamente utilizada por Plínio de Arruda Sampaio, candidato do PSOL à Presidência da República em 2010 (4). Retrata o pagamento do serviço da dívida pública (juros, “amortizações” e encargos). A montanha de dinheiro envolvida é obtida, via tributação, do conjunto da sociedade, notadamente assalariados e consumidores, e transferida por intermédio do “sistema da dívida” (ou “bolsa banqueiro”) para um pequeno e seleto grupo de privilegiados. Esse mecanismo, notadamente pelo seu porte, subtrai vultosos recursos de investimentos estratégicos e de políticas públicas voltadas para a efetivação dos direitos sociais (art. 6o da Constituição)
 
Conclusão
 
É claro que toda essa situação esta assim graças aos comparsas menores, pois são em grande quantidade, e essas situações tem seus cúmplices em todas as áreas, inclusive, na imprensa. São os indigentes morais que ganham as migalhas para manter e apoiar esse sistema escabroso que está ai, até que um dia, eles também infelizmente serão vitimas.

Comments are closed.