Diretivas

BOLSA FAMÍLIA

O pais sempre foi de miseráveis e é a oportunidade de dar aos menos favorecidos o básico.  O valor é irrisório.
Caso tenha preocupação que esta sustentando vagabundos, preste atenção que 47% do orçamento nacional é consumido pelo bolsa bancos (juros, renegociação, amortização) portanto cerca de 25X mais que o bolsa família. É um bom assunto para colocar o governo contra a parede: chega de ajudar banqueiros.

DEMARCAÇÃO DE TERRAS INDÍGENAS

Contra. Essas demarcações são fruto de pressões de forças estrangeiras para roubar o patrimônio nacional. Os índios são simplesmente  fantoches usados pelos políticos e autoridades. Manipulação de minorias virou “agenda” de políticos populistas e oportunistas. Fato duvidoso e vergonhoso é saber que essas supostas “demarcações”, no norte do país, ocorrem no mesmo local das  principais jázigas de diamantes, ouro, pedras preciosas, e no sul, nas melhores fontes de água. Porém há um contraponto interessante que vale citar aqui, colocado por alguns, é que na falta de um aparato militar eficiente para defender territórios como Amazônia, demarcar a terra como indígena impediria uma eventual invasão de um país militarmente superior já que, nesse caso, não haveria meio de defesa. É uma vergonha se isso for verdade, mas há um caso como as Maldivas que comprova em parte essa tese.

Filosoficamente, Demarcação é a tentativa do governo de se apossar das melhores terras, já que os índios ficam apenas com usufruto.

PRIVATIZAÇÃO/CONCESSÃO

Privatizar pelo preço real e não de banana, e pagar impostos como em qualquer outro pais. Aqui se vende por um décimo do preço e ainda se paga um décimo do que deveria pagar de impostos e ainda se sonega esse pouco,como é o caso de mineradora brasileira. Muita atenção deve ser dada nessas questões e que não são lembradas na hora da pressa de torras  riquezas.

IMPRENSA LIVRE

A imprensa no Brasil recebe muito dinheiro do governo, milhões, para veicular assuntos e ações governamentais. Sem esse dinheiro, não sobrevive. Não temos, portanto, uma imprensa independente, e esta sempre apoia integralmente as leis vindas de cima, dos seus financiadores. Não pensemos que as campanhas dizendo que ‘esta’ ou ‘essa’ lei é boa saem de graça: o governo ganha duas vezes: iludindo e enganando o povo alegando sua segurança (ganho moral), e te cobrando mais depois,  tendo condições de criar e aumentar taxas, como as de trânsito e multas (ganho financeiro).

A solução é proibir toda e qualquer propaganda ou campanha, desde saúde, educação e principalmente trânsito, e que sejam somente veiculadas em TVs oficiais. Desse modo o povo ganha duas vezes: moralmente terá uma imprensa independente, esforçada por qualidade, com missão, mérito e conteúdo, e economicamente se livrará de financiar uma imprensa servil.

DESARMAMENTO

Nem se discute se o povo deve ou não ter armas, é um direito natural e universal. Armas são originalmente do povo, e não cabe a nenhum estado ou governo proibir. E quando governos, ongs ou imprensa levantam essa questão  deveriam ser enquadrados em crimes de tentativas de usurpação do poder popular e condenados expressamente. Há uma página aqui que comenta hoje sobre esse assunto, leia agora.  O Futuro é da liberdade, e que desejar proibir algo, deverá mudar de planeta.

SOCIALISMO/SOCIAL DEMOCRACIA

Surgiram como um contraponto para balancear os abusos dos patrões e empregadores, além de lutarem para algumas garantias do povo.  Porém, não representam os trabalhadores nem o povo. Essas doutrinas,  tem razão em alguns assuntos, mas em geral a longo prazo ou no governo, são extremamente negativas aos direitos e liberdades civis, trocando comida e consumo sem lastro, sem infraestrutura, por liberdade.

ESQUERDA

A esquerda política hoje é maior aberração dentro do quadro nacional, porque utiliza e manipula minorias para angariar poder e votos. Compartimentar para dominar. Cria grupos pequenos e cita as mazelas reais da sociedade para sensibilizar o povo, tentando assim angariando simpatias para seu partido, ideologia ou causa. Não representa mais o povo e são inimigos das liberdades civis,  fazendo hoje em dia o mesmo papel que os patrões e a direita faziam no passado, dando todo poder  ao Estado, Governo e Burocratas,  em “nome” de sua “segurança” e da “paz social”. São os atuais “Fascistas”.

“PROGRESSISMO”

É uma aberração que se refugia na Esquerda porque não possui votos e dificilmente os terá, porque suas causas são criminosas e ocultas. Se mascara atuando  em causas sociais e culturais,  utiliza minorias e identidades, as quais manipula: minoritários e identitários.

A esquerda cultural/social são bem camuflados,  grupos em geral sem voto e dinheiro, mas que se utilizam do espectro político esquerdista, parasitando a esquerda trabalhista, da qual dependem para melhorar sua máscara popular, e assim tentando carguinhos, verbas, utilizando dinheiro público ou alheio para financiar suas pautas.